RECEPÇÃO SEM OPRESSÃO

Incentivamos a calouros e calouras que se sentirem coagidos, ameaçados e/ou humilhados durante os trotes de recepção a denunciarem essas práticas para que sejam investigadas e punidas. Todos os anos são relatados incontáveis casos de violência psicológica e físicas que ocorrem em diversas universidades do Brasil.

Relembramos que em 2018 uma caloura da Faculdade de Engenharia da UFGD foi vítima de um estupro em uma festa de calourada e não podemos permitir que crimes como este aconteçam novamente.0

Já na semana passada, chegou até o DCE uma denúncia de prática opressiva e ameaçadora em relação a calouros e calouras. Repudiamos qualquer ato nesse sentido e incentivamos as denúncias. Calouros e calouras, não se calem!

CANAIS DE DENÚNCIA
– Ouvidoria da UFGD
As denuncias podem ser feitas através do Portal E-ouv: https://goo.gl/Uvfht3.
Para dúvidas e atendimento presencial: (67) 3410-2754 – 8h às 12h – 14h às 18h, de segunda-feira a sexta-feira
E-mail: ouvidoria@ufgd.edu.br

– Ministério Público Federal
O Ministério Público Federal também pode receber denúncia de trotes pessoalmente.
Endereço: Rua José Correa de Almeida, nº 2220, Jardim Climax.
Telefone: (67) 3411-1700

– Polícia
Primeira Delegacia De Policia De Dourados
Endereço: R. Cuiabá, 1828 – Centro, Dourados – MS, 79802-030
Telefone: (67) 3411-8060
Polícia Militar – Telefone: 190.

VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO/A
O DCE se coloca à disposição para receber relatos e/ou denúncias, assim como, para acolher, apoiar e oferecer orientações e acompanhamento em situações de violência e opressão. Basta nos enviar uma mensagem, aqui pela página, pelo e-mail (dceufgd@gmail.com).

Pedimos que os Centros Acadêmicos também estejam atentos para darem a assistência necessárias aos calouros/as de seus cursos.
_______________
Relembramos que os agressores poderão ser responsabilizadas na esfera administrativa, civil e/ou penal.

LEI ESTADUAL DE MS CRIMINALIZA O TROTE – LEI Nº 2.929, DE 9 DE DEZEMBRO DE 2004.
Dispõe sobre a proibição de trote, quando realizado sob coação, agressão física, moral ou qualquer outro constrangimento que possa colocar em risco a saúde ou a integridade física dos calouros de estabelecimentos de ensino, pertencentes, mantidos ou vinculados ao Poder Público ou à iniciativa privada.

UFGD- PORTARIA Nº 083, DE 07 DE MARÇO DE 2007
Proíbe expressamente a realização de trote aos calouros no âmbito da Fundação Universidade Federal da Grande Dourados. Incluem-se agressões físicas, coação para ingestão de bebidas alcoólicas e participação em atividades que ridicularizem ou humilhem, assim como, agressões morais ou psicológicas.
________________

Convidamos a todxs veteranxs e calourxs a se juntarem nessa luta!
#EmbarqueNaUFGD #RecepçãoSemOpressãodenucie

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: